Simplesmente Ana & De Repente, Ana de Marina Carvalho

11 fevereiro 2017


Você leu "O diário da Princesa"? Ou pelo menos viu o filme, assim como eu? É muito fofo, né? 
Pois é. Esse livro é exatamente isso. Fofo e uma versão de O diário da Princesa à brasileira


Em Simplesmente Ana, o primeiro livro desta duologia, nós vamos acompanhar a história de Ana, uma menina completamente comum que vive em Minas Gerais. Ela descobre que seu pai é o rei de Krósvia, um país obviamente fictício. 

Ao contrário do filme citado anteriormente, o rei não esta morto, mas gostaria de ter sua filha próxima a ele, já que ela é sua herdeira e precisa aprender as coisas que as realezas aprendem. Logo, Ana parte para a Krósvia e descobre que tem um irmão muito gatinho, mas que adora pegar no pé dela. 

Na verdade, ele é um meio irmão, já que é filho do primeiro casamento da falecida rainha. Então...na verdade...eles não são irmão porcaria nenhuma! A pegação tá liberada!!!!! 


Apesar das nítidas semelhanças com o livro de Meg Cabot, esta história consegue distrair e fazer com que você torça para que a mais nova princesa do pedaço dê conta do recado, assim como Mia Thermopolis (a protagonista do romance de Meg Cabot). Quando você entra na história, é impossível parar de ler.  


Já a continuação, em "De Repente, Ana" teremos uma Ana amadurecida, tendo que lidar com a fúria da mídia e com as conspirações que rondam o poder. Porém, na minha mais sincera opinião, este é um livro desnecessário. Pode ser que ele seja essencial para dar gancho para o terceiro livro escrito pela editora neste universo da realeza de Krósvia - Elena - mas sinceramente, até o momento, a única explicação que vejo para este segundo livro é um reencontro entre Ana e os fãs de "Simplesmente Ana"

Vamos ver o que nos aguarda agora em Elena, né?! 


Editora: Novo Conceito
ISBN-10: 858163155X
Ano: 2013 (Simplesmente Ana)
Páginas: 304

Editora Novo Conceito
ISBN-10: 8581635350
Ano: 2014 (De Repente, Ana)
Páginas: 320

13 comentários:

  1. Li O Diário da Princesa (e vi o filme) quando ainda era criança, é realmente muito fofo, principalmente o primeiro. Esse também é parece ser uma leitura leve e divertida. Fiquei curiosa para saber o seria o reino do pai de Ana, a Krosvia, visto q o reino fictício da Mia era um pequeno país produtor de peras, entre Portugal e Espanha. Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até queria ler O diário da princesa, mas quando vejo a quantidade de livros dessa série....eu perco o interesse! Hahahahahaha
      Tô fugindo de séries infinitas. Me contento com o filme e os spoilers que pego da série com a Juh Oliveto do Livros e Bolinhos! Hahahahahahaha

      Excluir
  2. Não li nem assisti O diário da Princesa, mas pelo que sei dessa história De repente Ana é bem parecido mesmo. Gostei por se passar em Minas Gerais, e ter um irmão não tão irmão que eu já imagino que se torne um romance. Uma pena que essa continuação é desnecessária, muito irritante quando isso acontece...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A impressão que eu tenho é que se o primeiro livro faz sucesso, a editora obriga o autor a dar um jeito e fazer uma continuação. Só que existem livros que são muito bons sendo únicos! Veja o exemplo deste e do Como eu era antes de você. Um livro já era sensacional. Não precisava de outro, sabe?

      Excluir
    2. Verdade. Parece as editoras tem medo de apostarem em novas histórias e novos autores. Quando vejo uma série muito longa já perco a vontade de ler.

      Excluir
  3. Li o livro O Diário da Princesa,e me diverti muito com a estabanada Mia Thermopolis.
    Lembro que ria sem parar.Rsrs
    E se o livro Simplesmente Ana,é tão divertido quanto, não tem como não desejar muito ler.
    Já li muitos comentários legais sobre essa história, e assim que der pretendo ler.

    Boa dica! :)

    ResponderExcluir
  4. Nat!
    Já li esses dois livros da autora, mas não li Elena ainda.
    Bem como também não li os livros da Meg e nem assisti o filme.
    Gostei da leveza como os livros foram escritos e do amadurecimento da protagonista no segundo livro.
    Até concordo que nem precisaria de outros livros na série, mas fazer o que se a editora quer vender?
    “O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Assisti ao filme o diário da princesa e é um dos meus filmes favoritos, então saber de um livro que é parecido já me fez morrer de amores. Ainda mais sabendo que é com personagens brasileiros.
    Gostei de saber que é um livro divertido, a leitura deve ser bastante prazerosa.

    ResponderExcluir
  6. kkkkkkkkkk, adorei a comparação, que pena que ficou muito parecido com o Diário da princesa. As vezes esperamos tanto de um livro (e de sua famigerada continuação) que nos decepcionamos porque ele acaba sendo mais do mesmo, não sabia que era assim com esses livros (as capas e títulos são tão bonitos). Que pena!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Natalia! Ja assisti O diário da princesa e eu amei! Adoro quando o livro é nacional, principalmente quando é sobre uma história que tem tudo pra ser boa! Fiquei curiosa quanto ao romance que provavelmente vai surgir. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Naty, quem nunca leu ou assistiu ao filme não teve infância né! Eu praticamente decorei as falas. Essas histórias assim, mega fofas e que garantem algumas boas risadas é a minha cara. Eu até havia me esquecido desse livro acredita?
    Não gosto quando lançam um livro só pelo sucesso do primeiro. Acho que aconteceu isso com os livros A Herdeira e A Coroa da Kiera Cass. Sou eternamente apaixonada pelos 3 primeiros livros.
    Espero gostar de Simplesmente Ana.
    Beijokas
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  9. Queria esta na pele de Ana e ser da realiza. Acho legal essa fusão de princesa, rei etc... com algo mais real. Não sei se você consegue entender. Mas enfim, só não queria que o meio irmão fosse irmão, pois ele parece ser encantador. Apesar de enche as paciência de Ana, ele parece ser príncipe haha

    ResponderExcluir
  10. Oi, Naty!!
    Adorei a resenha!! E como não li Diário da Princesa só assisti o filme fiquei muito interessada em conhecer a Ana!! Adorei a premissa do livro é bem legal!!
    Beijoss

    ResponderExcluir