Desbravando Westeros e Guerra dos Tronos: As Crônicas de Gelo e Fogo - parte I

05 abril 2017


"No jogo dos tronos, ou você ganha; ou você morre."
Rainha Cersei para Eddard Starks

Se você assistiu a série da HBO - Game of Thrones - esta resenha é feita pra você, pois tentarei lhe explicar o que a série não conseguiu, e que você só irá saber se ler o livro. Se você ainda não viu a série, eu vou tentar resumir a história, mas como o livro é enorme e tem várias histórias paralelas, eu sugiro que você veja a série ou leia o livro.
Bem vindo a Westeros.
Aqui, existiam sete grandes casas de nobres - Starks, Baratheon, Lannister, Arryn, Tully,Tyrell e Greyjoy - que eram governados pelos Targaryen. Há muito tempo atrás, os Targaryens tomaram todas as casas e unificaram o reino, transformando o lado ocidental do mar nos sete reinos. Eles conseguiram este feito, pois possuíam dragões ao seu lado, e uma a uma as outras casas foram se rendendo. A última a se render, foi a "casa dos primeiros homens", os Starks. Assim surgiu os sete reinos. (veja o mapa abaixo).


Os Starks são conhecidos como os primeiros homens, e isso não fica claro na série, mas eu vou explicar pra vocês...

Há muito tempo atrás, antes de existirem castelos e fortalezas, os sete reinos era o território dos filhos da floresta. "Eram um povo escuro e belo, de baixa estatura, não eram mais que crianças, mesmo na idade adulta. Vivam no meio dos bosques, lagos e aldeias secretas nas árvores. (..) Seus deuses eram os deuses da floresta, cujo os nomes são secretos. (...) Seus sábios esculpiam estranhos rostos nos represeiros  (um tipo de árvore) para vigiar os bosques."



Um dia, os primeiros homens chegaram do oriente, atravessando o Braço Partido de Dorne, que depois passaria a ser o mar de Dorne. Eles possuíam cavalos e espadas de bronze, o que assustou o povo da floresta que nunca tinha visto aquilo.

"Quando os primeiros homens contruíram fortalezas e fazendas, abateram os rostos e os queimaram. Horrorizados, os filhos da floresta partiram para a guerra. A terra ficou rubra de tanto sangue derramado.
Os filhos da floresta e os primeiros homens, então, decidiram firmar um acordo. Aos primeiros homens foram dadas as terras costeiras, os prados e as montanhas; mas as florestas profundas ficariam intocadas, e nenhum outro represeiro seria derrubado. Para firmar o acordo, foram dadas um rosto a todas as árvores da ilha. Com o tempo, os primeiros homens passaram a adorar os deuses dos filhos das florestas."

É por isso, que os Starks, são conhecidos como os descendentes dos primeiros homens, e é por isso também que eles adoram os "antigos deuses", e não os deuses que as outras casas adoram.

Existe uma muralha, construída de puro gelo e pedra, bem ao norte do território dos sete reinos. (veja o mapa)
Foram os Starks que construíram essa grande muralha, que divide o território dos sete reinos, do território dos "Outros". O território mais ao norte da muralha, são as florestas profundas, destinadas aos filhos da floresta.

Enquanto o reino dos primeiros homens se manteve no poder, tudo funcionava muito bem. Mas, eis que outros povos começaram a atravessar o mar estreito. "Os ândalos, foram os primeiros; uma raça de guerreiros altos e de cabelos claros que chegavam com aço e a estrela de sete pontas dos novos deuses (...) os seis reinos do sul caíram perante eles. Só Winterfel, a casa mais ao norte, residência dos primeiros homens, conseguiu repelir os ândalos. (...) Os ândalos incendiaram os bosques de represeiros, e mataram todos os filhos da floresta que encontraram, declarando o triunfo deles. Por isso, os filhos da floresta fugiram para o Norte."
É por isso, que as árvores com cara de coração, que os Starks adoram, só existem no Norte. E é por isso, que os outros reinos idolatram os outros deuses.

Um dia, os Targaryens, com seus dragões, tomariam todo o território e sub-julgariam o rei de Winterfel, e formariam os sete reinos, conforme expliquei lá no início deste post. Mas essa, é uma outra história, que ainda não obtive todos os detalhes neste livro, e portanto, prefiro não comentar ainda.


Vamos entender agora como começou a guerra dos tronos...
Eddard Stark possuía uma irmã, chamada Liana, que estava prometia a Robert Baratheon. Ela era linda. Um dia, o filho mais velho do rei Targaryen, Rhaego, rapta Liana, a estupra e depois a mata. É neste momento que a guerra começa.

Muitas pessoas, principalmente quem vê a série da HBO, acredita que a guerra dos tronos começa com a morte de Eddard Starks. Isso esta errado. Os Baratheons e os Straks decidem se vingar dos Targarynes, e como as demais casas não estão satisfeitas com a dominação do "dragão", acabam se unindo a luta para derrubarem o "rei louco".

Robert Baratheon comanda essa ofensiva e acaba tornando-se vitorioso, tendo Eddard Starks ao seu lado. Eles matam toda a família Targaryen, menos duas pequenas crianças - Viserys e Daenerys - que conseguem fugir atravessando o mar de Dorne e indo parar nas terras livres, uma região onde existem várias cidades livres, que podem ser civilizadas ou selvagens. Por esse motivo, na série e no livro, Dayenerys chama Robert de o "Usurpador"; pois ele toma o trono que deveria ser deles por direito.

Robert torna-se o rei dos sete reinos e toma para sua esposa Cersei, irmã do cavaleiro Jaime Lannister da guarda real do rei Targaryen, que durante a guerra, se rebelou e apunhalou o antigo rei pelas costas. Ele havia prometido que protegeria o rei, e por descumprir seu juramento, ele passa a ser conhecido como "O Regicida".
Regicida = Algo ou indivíduo responsável pela morte de um rei ou de uma rainha


O que isso quer dizer?
Quer dizer, que quando Eddard é morto, as quatro maiores casas - Starks, Baratheon, Lannister e Targaryen - começam a disputar o trono, mas já existiam ressentimentos dessas casas remanescentes da guerra anterior. Por exemplo: Os Targaryens já odeiam os Baratheons pelo que eles fizeram com eles no passado.

Os Starks não gostam dos Lannisters (na verdade, ninguém gosta), pelo que eles fizeram com o filho de Eddard e pela falta de nobreza neles, já que eles compram todos ao redor por serem muitos ricos. Para os Starks, o mais importante é a sua honra. E por aí vai... se eu for dar os motivos de todas as casas, eu não termino esse post hoje!
E vejam bem... só quatro casas entram em guerra diretamente pelo trono. As demais, formam alianças com essas casas.

Conforme eu disse, existem muitas histórias paralelas, e se eu for resenhar a história deste livro, não conseguiria explicar esses "por menores" que a maioria das pessoas não sabem. Então, decidi fazer um post pra falar do que as pessoas não sabem sobre "Guerra dos Tronos".

Agora vamos as diferenças entre o livro e a adaptação para a tv.
No livro, alguns personagens, que são retratados na série já como adultos, são crianças. O filho de Eddard, Robb, por exemplo, tem 15 anos no livro. Na série ele deve ter uns 18/19 anos na primeira temporada. Essa mudança ocorreu devido a classificação etária da tv, que não permite que crianças façam cenas de sexo e com muita violência, como as que existem no livro. A explicação do por quê de eles serem crianças no livro, você pode conferir na entrevista de George R.R. Martin concedeu ao Google e seu internautas. (Vale muito à pena assistir tudo! É maravilhosa e vai te explicar outras milhares de coisas que eu não conseguiria te explicar neste post!)

Algumas cenas que existem na série não estão presentes no livro (como a cena de Khal Drogo arrancando a língua de um homem com a boca. Sensacional!), mas a série é bem fiel ao livro, o que eu achei maravilhoso!!!

O livro tem 592 páginas, mas isso é mentira! O livro tem o dobro! As letras são em Times New Roman 9, ou seja, é mentira 592 páginas! Os capítulos são divididos por personagens, o que quer dizer que , em cada capítulo você tem a perspectiva de um personagem sobre o evento. Algumas vezes do mesmo evento.

Se você é fã de Senhor dos Aneis e/ ou adora um bom jogo de estratégia. Leia!!!
Se você acha que é muito grande, veja pelo menos a série, pois ela é sensacional e você não vai perder muita coisa da história. E o que você perder, eu prometo colocar nas próximas resenhas. hehehe.
Agora aguardem o post com as curiosidades e diferenças presentes no segundo livro...


Texto originalmente publicado no antigo Perdidas na Biblioteca. Todos os direitos de reprodução estão garantidos, visto que a postagem era de minha autoria. 

24 comentários:

  1. Oi, Nati!
    Acompanho a série há algum tempo e desde o primeiro episódio achei sensacional! A guerra entre as casas é fascinante e a cada cena somos surpreendidos, né? Nunca vi uma série que morresse tantos personagens kkk. Adorei ler a resenha sobre o livro. Tenho uma enorme vontade de fazer a leitura, mas o tamanho do livro me assusta! Gostei de saber mais sobre a trama, principalmente o motivo da guerra começar. Não imaginava que seria por causa da morte da irmã de Eddard Stark.
    Vou acompanhar as resenhas sobre os demais volumes.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Adorei. Bem objetivo com aquele toque de emoção. Amo amo amo. Li o livro e amei a resenha

    ResponderExcluir
  3. Consegui enxergar bastante coisas legais com sua explicação sobre a obra.
    Não ligo quando o livro é grandão assim, o importante é que o conteúdo seja bom e que consiga prender o leitor a cada página.
    Fiquei bem interessada na série! Quem sabe não tenha a oportunidade de adquirir os livros em breve para finalmente ler essa história :)
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  4. Olá, tenho o primeiro o segundo o quarto e o quinto (falta o terceiro) e nunca li exatamente por isso, tenho agonia de livros com volumes faltando mas estou louca pra ler (vou dizendo tambem que nunca assisti à série)

    ResponderExcluir
  5. Oi Nat!
    Por conta de todo o hype envolvendo o universo dos Westeros, vi alguns episódios soltos da série, mas por incrível que pareça, não consegui me envolver com a trama. No entanto, o livro parece ser bem interessante, talvez um pouco grande... Mas eu ainda pretendo dar uma nova chance a série é quem sabe eu também não vire fã de GOT.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Oi Nat, eu conheço essa história por causa da série da tv, não a assisti ainda, mas é tanto burburinho sobre ela que é impossível não conhecer pelo menos o básico. Pelo que li na resenha, o autor criou um mundo complexo e que deve ser visto de forma bem atenta pra não se perder nos detalhes. Se entendi certo muito pouca coisa muda da serie da tv para a dos livros e isso é bom. Sobre os livros, apesar de achar bem legais, acho que não os leria agora e se resolvesse embarcar neles teria que ser num projeto onde só leria eles, já que são bem longos e essas letras em Times não ajudam tb rsr,assim iria demorar bastante pra lê-los :)

    ResponderExcluir
  7. Nati, eu sou completamente apaixonada por GOT. Acho incrível como o autor criou a história com guerras, fantasias e sem esperar aquele típico final feliz para nosso personagem querido, acredito que seja isso que torna a série e livros tão especiais.
    Não tenho planos de fazer a leitura dos livros por agora, mas vou amar ler cada uma de suas resenhas. Quero saber mais das histórias, algo que nos livros sempre mostram mais que na tela.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Eu li esse livro bem na época da primeira temporada da série. Mas acho que assisti antes de ler. Ver as diferenças é o mais legal. O livro tem tanta história paralela, tantos personagens e cenas que são sensasionais de imaginar. Adoro a forma como o autor consegue te colocar dentro da história, fazer você imaginar os menores detalhes. Isso é muito bom. Até porque a narrativa dele é bem detalhada mesmo e se não conseguisse transportar a gente pra história ficaria chato de ler, porque é muita coisa! Mas gosto disso nesses livros. Gosto também que tenha esse jeito de contar a história, com perosnagens e pontos de vista. É legal ver como uma coisa acontece em um e afeta o outro e coisas assim. Fica um jeito interessante de ver a história acontecendo. Mas ler esses livros não é pra qualquer um né? Aquelas letras me dão medo até hoje xD
    São tão petitinhas que dão nos nervos.
    Mas no fim das contas tudo vale a pena porque o livro é um mundo de melhor que a série. Adoro a série, mas não trocaria esses livros por ela. A história que o autor criou, o mundo que ele fez e todos os problemas e a magia e etc são sensacionais de acompanhar. Faz valer a pena e é muito bom.

    ResponderExcluir
  9. Eu não sou fã de A Guerra dos Tronos!
    Nunca li nada dos livros e nem mesmo vi a série!
    Sei que ela é bastante famosinha, mas não chama a minha atenção!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Ainda não li nem assistir a Game of Thrones, mas sempre vejo alguém comentando sobre a serie, não conhecia a historia dela e lendo esse post acabou esclarecendo um pouco, mesmo parecendo bem confuso esse tanto de conflito, mas também achei muito rico esse universo que o George R.R. Martin criou, o que me deixou curiosa para poder saber mais sobre essa historia !!

    ResponderExcluir
  11. Oi Nati...
    OMG... Essa série é realmente imensa... Mas parece ser fantástica... Eu adoro um bom jogo de estratégia, mas estou com tantas leituras para colocar em dia que estou evitando pegar novas séries assim para ler... Com certeza vou assistir à série e tenho certeza que vou me encantar e desejar ler aos livros futuramente ... Adorei o post e espero poder assistir à série em breve....
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  12. Estou assistindo a série e gostando muito, quanto aos livros pretendo ler um dia so não sei quando, são uns blocos rsrs. Sou fascinada por historias que envolvem dragões. Esse conflito pelo trono é um horror e causa tantas mortes e discórdias. Eu sou uma dessas que tinha achado que a guerra começou com a morte de Eddard rs.

    ResponderExcluir
  13. Recentemente iriam reprisar em um canal pago,os primeiros episódios da série.
    Eu queria assistir por ouvir muitos comentários sobre o sucesso da série...Mas esqueci completamente!

    Bem,você fez um bom resumo do que esperar sobre o livro. E é imenso mesmo!!!!

    Quem sabem eu ainda leia?!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Oi Nat,
    Estou duplamente perdida O.o, não assisti a série e nem li o livro haha. Não me interesso por essa série (talvez pela letra Times New Roman 9). Acho bacana livros de estratégia, mas quatro casas disputando um trono não me atraiu, talvez em um futuro beeeem distante eu leia.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  15. Oi Nat!
    Ainda não li livros da série, vi apenas os primeiros episódios da série tbm, precisando voltar urgente...
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Nat!
    Já tive oportunidade de acompanhar algumas temporadas do Game of Thrones, embora não tenha lido os livros, gostei de ver que a série televisiva é até certo ponto, fiel aos livros, o que nem sempre acontece, né?
    Adoro o autor e preciso ler os livros, porque trazem mais detalhes.
    Desejo uma ótima semana!
    “ O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.” (Samuel Johnson)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  17. Eu já vi o começo da série, me refiro ao começo porque parei na terceira temporada e sempre imaginei que o livro iria contar muito mais informações sobre a história do que a série, embora ela tenha feito um bom trabalho ao retratar a história. Esse é aquele livro que ainda não sei se vou ler mas quem sabe um dia kkk

    ResponderExcluir
  18. Oi, Natalia!
    Não assisti a série Game of Thrones e nem li o livro, e confesso que não tenho interesse em fazer nenhum dos dois, não costumo assistir séries e apesar de gostar de Senhor dos Aneis não curto jogo de estratégia, guerra entre reino não é a minha praia... Mas achei interessante esse seu post e ficarei esperando o post sobre o segundo livro pois confesso que fiquei com uma pequena curiosidade em relação ao futuro das duas pequenas crianças - Viserys e Daenerys.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  19. Não consigo me interessar por esses livros e nem mesmo pela série. Meu ex até me passou as temporadas e tão aqui no computador "criando mofo", porque eu sempre acho algo mais importante ou interessante para fazer. Legal as comparações que você fez, deve ser ótimo para os fãs que a adaptação seja tão fiel, embora sempre existirão cenas que não existem nos livros.
    Bacana entender um pouco dessa história doida, mas ainda não me convenci hehe
    E como assim menos de 600 páginas? Olhando esse tijolo ele parece ter umas 1000, pelo menos. E fonte tamanho 9 é duro, hein? Deve demorar horrores para concluir a leitura porque realmente "tem" mais de 1000 páginas hahah
    Corajosa :p

    ResponderExcluir
  20. Oi Naty, tudo bem?
    Parabéns pela iniciativa. Você é uma das raras pessoas que tiveram coragem de resenhar esse livro. Eu sou apaixonada por essa história. Comecei a acompanhar a série quando ela foi lançada, aí decidi comprar os livros, e nossa, não tem nem comparação né. Sem contar que o trem tá ficando doida na história kkkk
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  21. fazia tempo que eu não via resenha do livro do GoT
    meus amigos riem de mim, pq eu não consigo acompanhar os livros
    eu tenho sérios problemas com nomes e toda vida que eu vou ler eu me perco com os personagens...
    mas nem se compara o livro com a série o primeiro (e a primeira temporada) são bem parecidos mas a cada temporada o negócio tá ficando divertido...

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?
    Adoro Guerra dos Tronos. Acompanho a série e estou ansiosa aguardando a nova temporada. Tenho os livros e são lindos! Mas ainda não comecei a ler, pois minha lista de leituras ainda está muito grande. Mas vou chegar lá!
    Amei a resenha, parabéns.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Oi, Nat!
    Infelizmente não assisti essa série como também ainda não li nenhum dos livros!! Os livros são verdadeiros calhamaços!! Então acho que prefiro assistir a série que é mais pratica!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  24. Oi Nat.
    Eu tenho uma grande curiosidade de ler e assistir a série Game Of Thorns.
    Entretanto confesso que tenho medo de ler e assistir porque eu ouvi que tem muitas mortes durante os livros eu sempre acabo me apegando muito as personagens então sei que vou sofrer.
    Mas tenho que falar que adorei a sua explicação e que ficou bem claro o porquê de ter começado a guerra Não vejo a hora de assistir a série mas não tenho certeza se ele leu o livro é para mim pois acaba me apegando mais aos personagens literários do que aos personagens da série.

    ResponderExcluir