30 coisas de toda mulher de 30 deve ter e saber das Editoras da revista Glamour e Pamela Redmond Satran

23 maio 2017


No início do mês de Abril, esta que vos escreve completou a fatídica idade de 30 anos. Na época, eu publiquei aqui alguns livros que poderiam ajudar a passar pela crise dos 30, e este exemplar estava na listinha. 

Como eu ainda não aceitei muito bem o fato de que sou a nova balzaquiana do pedaço (mesmo já tendo se passado mais de um mês...), aqui estou eu caçando os livros que eu mesma recomendei para ver se tomo jeito na vida, e se eles realmente prestam. 

Se você não conferiu a resenha de Enfim, 30 - o primeiro livro a figurar na tal lista antidepressiva - sugiro que você reserve alguns minutinhos e vá assistir esse vídeo. Eu lhe garanto: é hilário. 
Depois disso, você pode voltar a ler esta resenha. Eu espero...


Muito bem. Vamos começar esta bagaça (será que isso já é considerado gíria de velho?!) 

Primeiramente eu preciso dizer que me senti meio enganada com esse livro. Eu esperava 30 coisas que eu deveria ter e MAIS 30 coisas que eu deveria saber, mas NA VERDADE, são 15 coisas de cada. Mas tudo bem...

Outra coisa que preciso informar, é que eu não concordo com todos os tópicos que a autora cita. Sinceramente eu não quero um "antigo namorado para qual eu possa me imaginar voltando". Quem vive de passado é museu na minha opinião, mas... também aceito que o item esteja nesta lista...eu entendo. Não concordo, mas entendo. 


Mas afinal, o que tem nessa lista? 

Aos 30 anos você deve ter...
  1. Um antigo namorado para quem possa se imaginar voltando e um que a faça se lembrar de quão longe você chegou. (Ah, para! Quem vive de passado é museu!)
  2. Um móvel decente que não tenha pertencido a ninguém da sua família. (De preferência a cama, né?! Por que fazer sexo na cama que foi da sua avó, ninguém merece!!! Rsrsrsrs) 
  3. Algo perfeito para usar se o empregador ou o homem dos seus sonhos quiser ver você em uma hora. (Isso realmente é muito importante!!!) 
  4. Uma bolsa, uma mala e um guarda chuva que você não tenha vergonha de usar. (E por que deveria ter vergonha?! Ninguém paga as minhas contas!!! Eu compro e uso o que eu quiser! )
  5. Uma juventude que você se sinta bem em deixar pra trás. (Estamos trabalhando nisso...)
  6. Um passado interessante que a deixe ansiosa para reconta-lo quando for mais velha
  7. A compreensão de que você mais mesmo ficar mais velha - e algum dinheiro guardado para ajuda-la a financiar esse período. (Poupança não é investimento! Vai estudar sobre o assunto!!!) 
  8. Um endereço de email, uma caixa postal e uma conta bancária aos quais ninguém tenha acesso além de você. (Palmas!)
  9. Um currículo que não seja nem um pouco exagerado
  10. Um amigo que sempre a faça sorrir e outro com quem possa chorar. (Mas se possível, mantenha uma para baladas também. Eu sei... tá todo mundo casado e não vai mais pra baladas... mas TENTA!!) 
  11. Um jogo de chave de fendas, uma furadeira sem fio e um sutiã preto de renda (Ainda trabalhando na furadeira... um dia eu perco o medo dela...) 
  12. Algo absurdamente caro que tenha comprado pra você , só porque merece. (Não. Prefiro guardar o dinheiro, obrigada!) 
  13. Acreditar em você 
  14. Um programa de cuidados com a pele, uma rotina de exercícios e um plano pra lidar com as outras facetas da vida que não melhoram depois dos 30. (É... tá F%$#@!) 
  15. Um começo sólido em uma carreira gratificante, um relacionamento gratificante e todas as outras facetas da vida que de fato melhoram 
A autora conta que muitos de nós temos medo de virarmos apenas uma casca do que eramos, quando tínhamos 20 anos, ao chegar aos 30. Porém, na visão dela, é exatamente o contrário, visto que os 20 eram a preparação para uma metamorfose que ocorre quando você chega aos 30, como se você estivesse se preparando para ser adulto e quando tivesse 30, finalmente fosse um adulto completo. 

Desculpe, mas o que faz você ser adulto são as porradas que a vida lhe dá. Tem gente de 17 anos que é mais adulta e responsável do que muito marmanjo de 40. 
Então esse blá blá blá de que os 30 são uma espécie de rito de passagem para a vida adulta não cola. Na verdade, os 30 são um rito de passagem para o seu corpo, pois é fato (cientificamente comprovado, tá!) que as funções metabólicas (que palavra bonita, né? Tô até me sentido adulta!) do seu corpo mudam a partir dos 30 anos. Então, agora é o momento de você parar e analisar o que vai fazer com os próximos 30 anos da sua vida na questão profissional e pessoal, mas também é a hora de ver o que você tá fazendo de errado com o seu corpo pra não pagar no futuro. 
Porque pode ter certeza que a essa conta vai chegar pra você pagar... aaaaaaaah vai!!! 


Ainda temos a lista com 15 coisas que você deveria saber aos 30.

Aos 30 você deve saber...
  1. Como se apaixonar sem perder sua identidade. 
  2. O que pensa sobre filhos (E se você já é casada, o que o seu marido também acha...) 
  3. Como se demitir de um emprego, terminar com um homem e confrontar um amigo sem estragar a amizade
  4. Quando precisa se esforçar mais e quando deve desistir
  5. Como beijar de um jeito que deixe perfeitamente claro o que gostaria ou não que acontecesse depois. 
  6. Os nomes do Ministro da Fazenda, das suas bisavós e da melhor costureira da cidade. (Sério?! Eu não tô acreditando que tô lendo esse item...tanta coisa mais importante e eu vou me preocupar com a minha bisavó? Ou com costureira???)
  7. Como morar sozinha, mesmo que não goste. (Isso, REALMENTE é importante!) 
  8. Aonde ir quando sua alma precisa de conforto - seja a mesa da cozinha do seu amigo ou uma esteira de ioga. 
  9. Que você não pode mudar o comprimento das suas pernas, a largura de seus quadris, ou a personalidade dos seus pais. (Não pode mesmo...) 
  10. Que sua infância pode não ter sido perfeita, mas já acabou. (Graças a Deus!!!!) 
  11. O que você faria ou não por dinheiro e por amor
  12. Que ninguém consegue escapar impune se fumar, beber, usar drogas ou não passar fio dental por muito tempo. (E o protetor solar?!) 
  13. Em quem pode e não pode confiar, e por que não deve levar isso pro lado pessoal. 
  14. Não se desculpar por algo que não é sua culpa
  15. Por que dizem que a vida começa aos 30. (Por que a média da expectativa de vida da população brasileira esta em 65 anos, logo, você acaba de chegar na metade da sua vida? Sendo que os 10 primeiros anos você era criança, nos outros 10 anos você só estudou; e nos últimos 10 você começou a se organizar e curtir alguma coisa, logo... a sua vida realmente começa agora!?  Essa foi fácil! )
Me digam...quais as 30 coisas que vocês acham que toda mulher de 3,0 deveria ter e saber? Vamos fazer a nossa lista? Eu vou trazer a minha na próxima postagem. Aguardem...




Editora: Fontanar
ISBN-10: 8539004887
Ano: 2013
Páginas: 168

5 comentários:

  1. Gte que livro é esse...coisa mais linda, amei td!
    Preciso ir atrás desse livro!!
    Nossa é tantas coisas que preciso saber com essa idade pesando, fica difícil listar ...
    Vou aguardar sua listinha...
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oiee!!
    Não é meu tipo preferido de leitura!!
    Mas achei as dicas bem legais!!
    Se eu tiver a oportunidade lerei sim ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Para ser sincera, não gostei tanto assim das sugestões da autora não!
    Na verdade a minha grande crise começou quando fiz 40!!!! 😖
    Levei uma rasteira tão bem dada , que me fez desabar bastante e ficar tão frustrada, que ainda não me recuperei.

    Sem contar o meu corpo que está reclamando bastante agora... É dor para tudo quanto é lado.
    E ter pelo menos uma amizade verdadeira é importante!
    Essa dica foi legal! :)

    ResponderExcluir
  4. Nat!
    Assim... 80% da lista não funcionou bem para mim.
    Aos 30 senti foi plenitude, foi a melhor fase da minha vida, usando um termo bem popular dos nossos dias, me senti empoderada, achava que tudo podia, que era a mais, mais...kkkk Fase ótima que trago as tais lembranças e histórias a serem contadas quando estiver mais velhinha...
    Tem algum livro que toda mulher deve ter e fazer após os 50?
    “A solidão é a mãe da sabedoria.” (Laurence Sterne)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Achei bem interessante este livro, mas não quero pensar muito em quando eu tiver 30 anos, então vou adiar a leitura dele, para quando eu estiver nessa idade, mas para quem esta na faixa-etária dos 30 anos é bem interessante ler, apesar de alguns itens não fazerem muito sentido.

    ResponderExcluir