À Distância

23 março 2019


"Você só saberá se tem potencial se dispuser a tentar. Dar início a algo requer coragem. No sentido de estar preparado para que aquilo não dê certo, para quebrar a cara. Mas só vai saber se arriscar."


SAUDADES s.f.pl

Origem do latim, para solidão.
Sentir falta de algo ou outrem.
Nostalgia

Me acompanhem, em mais uma resenha!


Em suas férias em Londres, Catarina  conhece o escritor em ascensão Sebastian Wood. A atração é imediata e se permitem vivenciarem esta ardente paixão. Mesmo após o retorno de Cat ao Brasil, o contato continua.
E após alguns meses, Sr Wood vem a São Paulo para uma coletiva de imprensa. Pois o mesmo está com contrato com a editora aonde Catarina tem a função de tradutora.
"É um jogo de sedução não combinado, mas que está me transformando em um vulcão"
Sua chega ao Brasil é antecipada, para que ele aproveite com Cat. Mas em meio a este furacão de emoções um proposta surge ... Um namoro a distância e em off.
Afinal, ela trabalha em sua Editora. E, este tipo de relacionamento, é proibido em sua cultura organizacional.

Sebastian é criativo, seguro de si, sexy e está cheio de demandas (profissionais e pessoais - ele ainda está a frente da fazenda da família). Catarina é determinada, aventureira e está vivendo o seu sonho profissional. Ambos estão com receio e ao mesmo tempo dispostos neste relacionamento.

Em meio, a tecnologia que pode unir e também separar. Eles sobrevivem aos jogos da mídia e aprendem a confiar no que estão dispostos a viverem um com o outro. Mas a realidade é dura e quando a saudade chega ao limite da solidão, o que você faria?

Você largaria o certo, por uma nova vida?
Acreditar em um relacionamento te faria recomeçar?

"A saudade é uma coisa esquisita, porque, ao mesmo tempo que dói muito, ela também te oferece o benefício das boas lembranças."
É o primeiro livro que leio da Paola Scott, mas apreciei muito a sua escrita. É uma escrita leve e que quando você percebe, finalizou a leitura. Achei interessante o modo que ela criou e desenvolveu o namoro a distância. Muito criativa. Trabalhou plausivelmente ao trazer empasses relacionados a ciúmes. 
Afinal, qual mulher nunca cismou com a amiga do Mozão?!?!  

" Quero seu sorriso espontâneo, as falas intempestivas, o bom humor. Quero que ela não repense nosso relacionamento, e sim que nos dê a chance de lutar contra essa distância e vencer."
Se um relacionamento já é complicado, imagina cada um morando em um país diferente ?!!?

As dificuldades ( amorosas, profissionais, familiares e amizades) levantadas e trabalhadas, são excelentes para veracidade desta estória.

O leitor sente empatia pelos dois personagens. Compreendem e percebem, que apesar de "abrir mão" de algumas coisa,  que terão que  realizar uma grande escolha.

Como primeiro livro de uma trilogia, desperta  curiosidade do que está por vim nos próximos volumes.

Se fosse um livro solo, haveriam algumas pontos soltas. Contudo, acredito que estas parte em aberto serão tratadas nos de mais enredos.

Um dica: Ao ler, se sintonize na músicas, citadas ao longo dos capítulos. Além de excelentes, que se encaixaram perfeitamente ao que está acontecendo e deixa sua mente mais conectada ao que está se passando emocionalmente com os personagens. 

Sobre a série: Esta série derivou de um livro de contos intitulado " Love is in the Air". Aonde Sebastian e Catarina fascinaram os leitores. Mas a trilogia trata da narrativa da vida dos filhos do senhor Richard Wood. Um livro para cada filho.

Então, até a próxima leitura!


Série: Trilogia Irmãos Wood #01
Editora: The Gift Box
ISBN: 9788552923138
Ano: 2018
Páginas: 304

4 comentários:

  1. Oi Lays, será que relacionamentos à distância dão certo?
    Espero que sim.E que o casal do livro consiga ser feliz...

    Bem,para ser bem sincera,a história não me deixou tão empolgada assim,
    mas quem sabe eu mude de opinião se conhecer a história?
    Por ser um livro leve, talvez eu goste.
    As vezes ao término de uma leitura mais densa , livros assim são até interessantes.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Lays!
    Nunca li nada da autora, embora tenha alguns ebooks dela.
    Pelo visto é uma história envolvente, lá com seus problemas no relacionamento a distância, mas a torna ainda mais crível por isso, né?
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Embora tenha parecido um livro sem muitas pretensões, gostei da leveza com que tu descreveu ele e confesso que fiquei curiosa em saber como ela descreve e cria esse romance a distancia. Por ser nacional já tem um pontinho a mais a favor. Tá valendo.

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não conhecia essa trilogia. Interessante a autora criar um enredo interessante sobre o relacionamento à distância. Imagino que não seja algo fácil conseguir prender a atenção dos leitores com um tema assim e trabalhar toda essa abertura para os próximos volumes. Gosto ideia de ler ouvindo a trilha sonora indicada na trama. Fiquei curioso.

    ResponderExcluir