O Rouxinol

30 maio 2019


Eu sou apaixonada por livros ambientados na segunda guerra mundial. Já disse várias vezes, que acho impressionante como o período mais medonho da história da humanidade é também o período mais fértil para histórias sensacionais, sejam elas reais ou fictícias.

Não existe um livro, filme ou série que tenha como pano de fundo a Segunda Guerra, que eu não me apaixone, não me emocione e não consiga conter as lágrimas.
Pois é... Malévolas também choram.

Um desses livros, que fez Malévola chorar, foi "O Rouxinol" da Kristin Hannah.

QUE LIVRO SENHORAS E SENHORES.
QUE LIVRO!


Quer saber mais sobre a história? Então confere a resenha deste livro maravilhoso no nosso #tbt de hoje.


Se você ainda não leu este livro, corra para ler!! E a autora estará presente na Bienal do Livro deste ano, no Rio de Janeiro, logo, é lóooogico que eu vou correr pra pegar o autógrafo dela neste livro sensacional!

COMPRE O LIVRO 

O que vocês acharam da história? Deixem aí nos comentários e até a próxima. 

Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580414677
Ano: 2015
Páginas: 432

6 comentários:

  1. Oiii ❤ Já ouvi falar desse livro, mas nunca procurei saber mais sobre o que se trata. Nunca imaginei que esse livro se passava na segunda guerra mundial, olhando só a capa não dá pra perceber. Achei que era um romance contemporâneo do tipo Nicholas Sparks, que se passa na França.
    Já ouvi falar muito bem da escrita da Kristin Hannah, e tenho muita curiosidade pra ler os seus livros. Só falta oportunidade pra comprar seus livros rsrsrs.
    Livros que se passam em meio à guerras geralmente me emocionam muito, porque sabemos das poucas e boas que as pessoas que viviam naquela época passavam. Isso me parte o coração. Prevejo muitas lágrimas pra esse livro...
    Obrigada pela indicação, vou acrescenta-la à minha lista de leituras ❤

    ResponderExcluir
  2. Estava pensando em todos os livros que li que, de alguma forma, aborda essa questão da segunda guerra, e também cheguei à conclusão que gostei de todos. É ótimo quando começamos a acreditar que o personagem realmente existiu e partimos pra pesquisar depois de encerrar a leitura, isso mostra o quanto envolvidos ficamos. Estava curioso pra saber a respeito do título e achei o máximo o que significa, nem imaginaria isso.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Natália!
    Sou uma manteiga derretida, por isso evito ler livros que eu sei que me farão chorar, e livros ambientados durante guerras se enquandram nessa categórica, até arrisquei ler anos atrás A Menina que roubava livros que se passa na Segunda Guerra, igual a O Rouxinol, e não deu outra, chorei horrores, fiquei até depressiva... e sinceramente a trama de O Rouxinol não me atrai tanto a ponto de me fazer ter coragem de embarcar nessa leitura.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Eu amo livros que passam nessa época tão feia da nossa história, e essa sem dúvida vai ser mais uma leitura que me levará as lágrimas. Já tinha visto o livro, mas até essa resenha não tinha dado a devida atenção a ele, já vi que marquei bobeira hein (risos).

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que não existe um livro da Kristin Hannah que seja ruim. Essa autora tem o dom de fazer cair ciscos enormes nos meus olhos. Ainda não li esse livro mas amei sua resenha. Imagino que seja um livro emocionante.
    A capa é inspiradora.

    ResponderExcluir
  6. Também adoro historias ambientadas na Segunda Guerra, são tão sofredoras e reflexivas, me deixam com uma outra visão da vida. Faz tempo que quero ler esse livro é muito bem comentado. Deve ser muito triste e deixar o leitor em cacos. Li um livro da autora e ela pega pesado no quesito emoções.

    ResponderExcluir