Esta e todas as vidas

01 outubro 2019




Livro: Esta e todas as vidas. 

Autor: Anne Marck.



ADVERTÊNCIA: Uma só vida pode não ser o suficiente para comportar um amor tão grande que transcende eras.



Olá, perdidos!

Mais uma segunda, mais um livro, mais uma resenha, mais uma história linda para compartilhar com vocês.

Tivemos Bienal este ano, e, como toda leitora voraz que se preze, não pude perder a oportunidade de ir adquirir novos livros para a coleção que, para mim, sempre será pequena.

Antes de sairmos, Lays e eu bolamos um itinerário para conseguir comprar todos os livros da lista e ainda termos tempo de pegar autógrafos. Para facilitar nossas vidas, graças aos céus, recebemos um arquivo com todos os horários em que diversas autoras estariam presentes para sessões de dedicatórias e seus respectivos estandes. E lá estava o nome de Anne Marck na lista.

Conhecia-a somente de nome, pois ela tinha feito a arte da capa de um livro do qual gosto muito (Indomável, da Zoe X. Já tem resenha dele aqui no blog.). Só depois é que fui descobrir que já tinha até resenha dos livros dela aqui no blog!

Quando vi que o livro que ela estaria autografando seria o “Esta e todas as vidas”, corri para procurar mais informações, afinal, Lays já havia falado muitíssimo bem da autora.

Qual não foi a minha surpresa ao ver a capa linda deste livro. Desculpem-me, mas eu amo comprar livros pela capa. Elas são o cartão de referência da história. Claro que não são garantia de boas narrativas, mas não foi o caso. O romance não é só uma capa bonita, mas uma história linda e apaixonante. 

Agora, sem mais delongas, vamos à história?

O livro narra a história de Antares Letícia (nomezinho diferente, eu sei! Mas a autora explica e confesso que achei fofa a escolha do nome.), habitante da charmosa e esotérica cidadezinha de São Tomé da Letras (MG), que, de tão apaixonada pelas belezas naturais encontradas no local, torna-se guia turística.

“Vamos voltar a São Tomé das Letras, podíamos contratar aquela guia com nome estranho; como é mesmo que ela se chama?”

Contratada para apresentar as exuberantes grutas e cachoeiras por um grupo de paulistas, Antares conhece Bruno Romão, um homem lindo (segundo descrição da própria Leti), que lhe desperta a sensação de familiaridade. Além dessa sensação, tanto Antares quanto Bruno, sentem uma forte conexão, o que gera uma aproximação inevitável de ambas as partes.


“- Porque eu sou atraído pra você, Antares, como mariposas inevitavelmente são atraídas para a luz [...].”


Eu quero muito falar deste livro sem dar muitos spoilers a vocês. Mas isso não está sendo uma tarefa muito fácil. Já estou logo avisando.

Se isto se trata de um spoiler, não sei, mas lá vai: Bruno e Antares se conheceram, ou melhor, se apaixonaram em uma vida passada. 

Vamos combinar que esse nem pode ser considerado um grande spoiler (na minha opinião), já que o livro tem por título “Esta e todas as vidas”. Quando o comprei, meio que já tinha dado para presumir que teria algo relacionado à vidas passadas. Então não me matem! Por favor! Juro que vou tentar dar o mínimo de informações e ainda entregar uma resenha boa, ok?!

Além da forte conexão que sentem em decorrência da vida passada, existem outros mistérios que envolvem os protagonistas. O que seria de uma história ambientada em São Tomé das Letras sem um mistério?

Apesar de nunca ter lido histórias com essa temática, posso dizer que amei. Primeiro porque a autora (além de simpática) escreve muitíssimo bem. Ela teve todo cuidado de, além de fazer uma construção profunda de suas personagens, - sejam as principais, sejam as coadjuvantes – fazer uma ambientação perfeita. Você realmente se sente na cidade como se fosse um dos habitantes. Tem até um mapa no início do livro! Segundo por, juntamente com o romance dos protagonistas, termos pequenas epígrafes no começo de cada capítulo que nos presenteiam com o lindo relato de amor de Airya e Khan, as vidas passadas de Bruno Romão e Antares Letícia. Lemos paralelamente duas histórias e em determinados momentos ficamos ansiosos para saber mais da história passada, em outros, da contemporânea.

“Memórias têm um poder muito forte dentro da gente. Podem nos levar para o momento mais feliz de nossas vidas, ou para o pior que já tivemos. E, no meu caso, os dois extremos estavam ligados à mesma pessoa. [...] Eu só queria poder dizer exatamente isso a ele: você, Bruno Romão, foi a melhor e a pior coisa que já me aconteceu.”

Ratifico: amei o fato da narrativa ser ambientada em uma cidade brasileira. Não tenho, particularmente, nada contra autoras nacionais que ambientam suas histórias em outros países (usando de eufemismo para não dizer Estados Unidos). Mas conhecer um pouco mais das belezas naturais de nosso país e conhecer, ainda que fictícias, histórias de amor que se passam em solo brasileiro é maravilhoso, pelo menos para mim.

Uma narrativa apaixonante, com personagens apaixonantes, com uma escrita que flui de maneira leve... Trouxe-me um relaxamento mais do que bem-vindo após uma semana de leituras densas. Agrada até quem, assim como meu, nunca leu nada com essa temática.

Por mais histórias nacionais assim!

Para não dizer que não tenho críticas, a única vai para a ficha catalográfica do livro. Este foi classificado como infanto-juvenil. Não sei se foi um pedido da autora ou se isso ficou a cargo da editora, mas eu não acho que a classificação atribuída faça jus ao conteúdo da história. Nada contra livros infanto-juvenis (Percy, i love you!), só realmente acho que se encaixa muito mais com YA* ou, até mesmo, New Adult*, pois enquadram muito melhor as nuances do romance. Minha humilde opinião, claro.

Leiam e se deliciem com essa encantadora história de amor que de tão intensa transcende vidas.

A presto!




*YA – Young Adult (jovens adultos (pt-br)).
*New Adult - Novos adultos (pt-br).




P. S.: Antares Letícia, Leti, só Antares, só Letícia... Ser ou não ser, eis a questão? Ahahahah. Apesar de super diferente, amei esse nome.

P. S. 2: Resolvi não me aprofundar muito em detalhes, pois realmente quero que vocês descubram sozinhos as coisas mágicas e dramáticas da trama. E são muitas surpresas, viu?!

P. S. 3: 11 trechos destacados das melhores frases de amor. Um amor verdadeiramente puro.




17 comentários:

  1. Ludmilla!
    Um dos meus maiores sonhos é poder um dia conhecer São Tomé das Letras, cidade mágica e bem esotérica.
    Como não posso ir in loco, já sei que viajarei na história desse romance, porque além de conhecer a cidade pelos olhos da autora, amei o enredo de vidas passadas.
    Até já imagino porque o nome da protagonista é Antares Letícia, mas terei de conferir se estou certa.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história é encantadora e, de fato, a autora faz uma descrição maravilhosa da cidade.
      O nome da Antares tem um significado bem interessante. Vale a pena conferir o porquê deste nome tão diferente.
      Beijos, Rudy.

      Excluir
  2. Também sou dessas que compra o livro pela capa rs. Essa é muito bonita por sinal. Parece ser uma leitura gostosa e agradável, achei o nome da protagonista diferente estranho, mas lendo com frequência vai se acostumando. Gosto de histórias relacionadas com vidas passadas, são bem interessantes e me deixam viajando em como seria a minha rs. Também gosto quando as histórias se passam aqui nas cidades brasileiras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando vi a capa, foi amor à primeira vista!
      Comentei isso com a própria Anne! Ahahahah
      Mas a história não decepciona. Fofura do começo ao fim.
      Essa é daquelas histórias que aquecem nosso coração.
      Bjs

      Excluir
  3. Que capa linda! Mais um livro para minha wishlist. O fato de se passar no Brasil (e a maneira como vc disse que a autora narra o ambiente) é um dos motivos que me faz querer ler esse livro. Confesso que li pouquíssimos livros onde a história se passa em nosso país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gosta, assim como eu, de história ambientadas em território nacional, você AMAR esta história.
      A autora faz uma descrição maravilhosa da cidade e, como disse, parece que nós vivemos mesmo em S. T. Das Letras.
      Apaixonei-me tanto pela narrativa quanto pela cidade em si.
      Bjs!

      Excluir
  4. Ah, mas essa capa é linda mesmo! Eu também teria comprado só pela capa.
    Não conheço a escrita da autora ainda, apesar de já ter lido as resenhas de outros livros dela aqui no blog. Mas, acho que esse livro é um pouquinho diferente, não? Com esse título eu também pensei em vidas passadas mas preciso ler para saber o que realmente acontece nessa trama toda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, capa é linda, né?!
      Esta história tem uma pegada bem diferente das outras já escritas pela Anne. Mas você encontra a mesma qualidade na escrita.
      Leia a história. Tem muitos mais mistérios e coisas mágicas a serem descobertas. Vale a pena.
      Bjs.

      Excluir
  5. Olá!
    Realmente a beleza da obra é indiscutível, mas felizmente o livro não é só rostinho bonito, sendo que a autora entrega uma história extremamente bem construída, mesmo utilizando de alguns clichês. Gosto dessa ambientação detalhada que Marck faz da cidade, pois indica que houve toda uma pesquisa para a composição da história, o que a deixa ainda mais rica. E como se não bastasse o romance bem construído, temos um mistério para agitar um pouco as coisas, uma boa estratégia para prender a atenção do leitor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ambientação que Anne faz é perfeita.
      Desconfio que ela deva ter viajado para S. Tomé para fazer a construção do livro. Só isso explicaria a excelente descrição do local.
      Amei mesmo.
      Bjs

      Excluir
  6. Olá! ♡ Eu sou completamente apaixonada pelos livros da Anne, ela tem uma escrita maravilhosa, muito fluída e cativante. Esse é o único livro publicado dela que eu ainda não li, mas espero ler muito em breve, tô morrendo de curiosidade kkk.
    Logo que me deparei com esse título pela primeira vez, já pensei que ele se tratava de fato de vidas passadas. Também não costumo ler essa temática, mas fiquei interessada para conhecer essa história, já que a Anne é uma das minhas escritoras nacionais favoritas.
    Essa capa é lindíssima, parece tão apaixonante quanto a própria história! ♡ Também compro livros pela capa kkk.
    Os livros da Anne geralmente apresentam personagens que enfrentam problemas difíceis, têm um passado conturbado, traumas, por isso achei interessante que aqui temos uma trama cercada de mistério e que aparenta ser um pouco mais leve.
    Me chamou muito a atenção que temos uma história sendo narrada no passado e outra no presente, eu adorei.
    Gostei bastante do nome da protagonista, é bem diferente, mas não deixa de ser bonito ♡
    Muito obrigada pela indicação, já estou ansiosa para fazer essa leitura e conhecer o romance entre Antares e Bruno!
    Beijos! ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente apaixonante!
      Anne nos cativa tanto com o enredo que elaborou quanto com sua escrita fluida.
      Tenho certeza de que vai adorar a leitura.
      Depois volte para contar o que achou.
      Bjs!

      Excluir
  7. Olá! Sou até suspeita para falar da Anne, pois acompanho seu trabalho desde a época em que ela escrevia em uma plataforma digital (aliás tem livro novo por lá e só posso dizer que é maravilhoso e está me deixando de coração apertadinho) e sou completamente apaixonada por sua escrita e a maneira única que ela consegue nos encantar com suas histórias que sempre nos deixam com um sorriso bobo no rosto e lágrimas nos olhos, além da pessoa linda que ela é (tive a honra de conhece-la na bienal de SP), estou bem curiosa com esse livro, claro que ele já faz parte da minha coleção, só me resta agora tirar um tempinho e me aventurar junto aos nossos protagonistas nessa jornada tão intensa e apaixonante (suspirando por aqui).
    PS¹: Essa capa está realmente linda.
    PS²: Leiam Seu lado ruim no wattpad #ficaadica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaahhh! Com certeza lerei essa história nova da Anne. Obrigada pela indicação.
      Quem sabe, logo logo, não fazemos uma resenha aqui?
      A história é linda e emocionante. Nossos olhos chegam a transbordar de lágrimas. Coisa que só a escrita da Anne faz com a gente!
      Estou completamente apaixonada pelo livro. Fora que a Anne é um doce de pessoa!
      Também a conhecemos na bienal deste ano. Um amor!
      Bjs.

      Excluir
  8. Oiii ❤ Eu preciso ler esse livro! Amo a escrita da Anne Marck e já li todos os seus outros livros lançados, então quero ler esse para matar a saudade da escrita tão boa que a autora tem.
    Também compro livros pela capa, confesso rsrsrs. É que tem alguns que são tão lindo, que é impossível não querer comprar.
    Estou muito curiosa para fazer essa leitura, já que quero saber mais sobre o romance atual entre o Antares e Bruno e do passado.
    Gostei muito que é melhor que suas histórias em uma e que a Anne resolveu ambientar a história aqui no Brasil.
    Realmente não parece se tratar de um livro infanto-juvenil, até porque esse não é o estilo de livro que ela costuma escrever.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gosta da temática e de um romance amorzinho, tenho certeza de que você vai amar!
      Depois conta a experiência da leitura já que leu outras coisas da Anne e vai ter um parâmetro melhor do que o meu em relação à escrita.
      Bjs!

      Excluir
  9. Também gosto de ter como cenário cidades do Brasil, e de cara achei o máximo o mapa nesse tipo de leitura, já que normalmente estampam os livros de fantasia. Como eu acredito em vidas passadas, já fiquei interessado na leitura. Legal a gente acompanhar os dois tempos. Eu também já escolhi muitos livros pelo título e capa, aliás essa é bem colorida e bonita.

    ResponderExcluir