Destaques

28 outubro 2020

Sensacional - Série Família Willers #3


Quando eu trabalhei na The Gift Box Editora, eu fui apresentada a uma autora que era uma sensação no meio literário no gênero Dark: Andy Collins. 

Como nunca tinha lido nada da autora até então, a Anastácia Cabo, do Notas Literárias, me recomendou começar pela série dela mais "light" - Família Willers - cujo o primeiro livro era sobre um boxeador que acabava por se envolver com a prostituta que ele contrata durante um torneio em Vegas. 

Sim, algo bem Julia Roberts em "Uma Linda Mulher". 



Depois de Fenomenal, eu fui para Colateral, livro que foca no irmão, e também empresário, do boxeador. 

E agora chegamos ao terceiro livro dessa série, onde o enfoque será nos filhos dos dois irmãos. 

Jace é filho de Jason (segundo livro) e Sky é filha de Bree (a prostituta do primeiro livro) e foi adotada peo Oliver (boxeador). Existem diversos relatos de primos que tem uma "apaixonite" por primas e vice versa, mas nada tão avassalador quanto o que Jace sente por Sky. Ele simplesmente tem certeza que ela é a mulher da vida dele desde garoto. 


Sky e Jace, tecnicamente, não são primos, já que Sky não é filha de Oliver. Mas na prática a coisa não é bem assim... além disso, Sky é mais velha do que Jace, e vê o rapaz como um irmão mais novo. 

Porém, tudo muda quando Sky liga para Jace chorando, e o mesmo descobre que ela foi abusada pelo namorado em uma festa. 

Jace teve o mesmo treinamento em boxe que todos os membros da família Willers tem, e parte pra cima do agressor de sua prima, e deixa o rapaz desfigurado. Ele é preso, e como é ano de eleição, pegam ele como exemplo, enviando o playboy rico pra prisão, enquanto o real agressor (na verdade estuprador) continua livre. 


Dois anos se passam, Jace esta preste a sair da prisão e tudo que pensa é em reencontrar a prima e conquista-la de vez. Mas, marcas de agressão como a que ela sofreu não cicatrizam em apenas 2 anos. Ás vezes, não cicatrizam por toda uma vida... e ele precisará mostrar todo o amor, compreensão e paciência para conseguir mostrar a ela que nada mudou para ela, mas que ela precisa mudar e voltar a viver. 

A melhor coisa desse livro é realmente como o Jace transpira segurança. O rapaz, apesar de mais novo, tem certeza do que quer e vai com tudo para obter o que deseja. Custe o que custar. 

É realmente lindo ver como ele vai ajudando a prima a reconquistar a confiança, enquanto retoma a vida que ficou suspensa durante os 2 anos que passou na prisão. E o livro trata de um assunto muito pesado, de uma forma bem sutil.Porém, é impossível passar despercido pelo trecho do livro em que a Sky fala que antes de tudo acontecer com ela, ela via as notícias de crianças sendo abusadas todos os dias nos jornais e não dava atenção pois estava ocupada demais com a vida dela; os amigos dela; a família dela. Até que ela virou a notícia. 

Faz a gente pensar na banalização da violência não é? 


Achei uma ótima história, porém, a história de Jason (pai dele) ainda é a melhor para mim. 

E você? Qual dos 3 Willers apresentados até o momento é o seu favorito? Deixe nos comentários.  


ADQUIRA OS LIVROS 


Reações: 

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Instagram

© Perdida na Biblioteca - Notícias do Mercado Editorial para Leitores – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in