Destaques

02 janeiro 2021

O Protetor de Sarina Bowen

 


Harlan Coben estilo Sessão da Tarde para maiores de 18 anos


Eu sei que pode parecer estranho comparar um livro de romance contemporâneo hot com um livro de suspense do mestre Harlan Coben, mas as semelhanças são muitas. 


Primeiro porque o protagonista Erick de "O Protetor", livro da Sarina Bowen publicado pela Cherish Books Br no mês passado no Brasil, é um atleta de hóquei, que nas horas vagas, ataca como segurança particular/ detetive. 

Myron Bolitar, o personagem principal da série de Harlan Coben é um ex-jogador de basquete, que, nas horas vagas, ataca de segurança/detetive, e isso mostra o início de uma série de "semelhanças" entre as duas histórias. 

Assim como Myron tem Win, seu melhor amigo e que é o verdadeiro cérebro por trás dessa vida de espionagem, para ajuda-lo a desenrolar os casos que ele acaba se envolvendo, e para empurrar ele ainda mais para essa vida de detetive particular; Erick tem o irmão Max que comanda um império de segurança através da empresa da família, e que vive tentando recrutar o irmão atleta para "se envolver mais nos negócios da família". 


Obviamente, Erick não quer saber de nada disso, já que sua vida é a carreira de atleta, mas ele acaba envolvido em um esquema do irmão, quando este pede ajuda (na verdade, obriga ele) para ser namorado falso de uma amiga de infância deles que foi agredida pelo ex-namorado e que descobriu que esta grávida do embuste. Ela irá participar de uma conferência à trabalho, onde o traste estará presente, e precisa de um namorado de fachada para manter o ex afastado. 

Agora vamos lá: A combinação amigos de infância + fingir que são namorados + embuste atrás da mocinha em perigo é uma fórmula já conhecida, logo, não temos nenhuma novidade neste enredo clichê clássico.

Um atleta que acaba virando James Bond nas horas vagas, também não é novidade como eu mostrei na comparação anterior. Então o que tem de atrativo neste livro? 


A verdade é que a autora pegou a fórmula já consagrada dos clichês românticos, misturou com o lado Harlan Coben pra agradar os nerds (mas a resolução do mistério também é clichê) e colocou uma boa dose de sacanagem com um deus grego egocêntrico, mas engraçadinho. 

Então, sim. 

É um livro com um enredo de Sessão da Tarde, com personagens de Harlan Coben, para maiores de 18 anos. 


Se você esta procurando um livro de quase 500 páginas para se distrair, essa é uma ótima pedida pois tem romance, mistério, tecnologia e muitas cenas hots. 

Só não espere nada muitooo inovador. Mas foi ótimo para passar o feriado e terminei o livro em 48h. 

AVALIAÇÃO TÉCNICA

Recentemente eu fiz o curso de diagramação de e-books pela Labs Pub e agora eu tenho uma visão mais técnica do produto, então, posso dizer que a revisão deixou a desejar. 

Encontrei muitos erros de concordância e palavras redundantes, além de palavras cuja a primeira letra estava em negrito e o resto não, o que eu agora sei que é uma falha no código do arquivo.  

Além disso, a arte que inicia os capítulos não me agradou pois é difícil ler o que esta escrito devido a escolha da fonte. Uma fonte no estilo caligrafia, porém mais grossa ficaria melhor para ler. Vocês conseguem ler claramente o que esta escrito abaixo do jogador de hóquei? Eu tive dificuldades. E se eu tive... outros também terão. 

Como profissional do mercado editorial, acho que isso foi uma falha na escolha da caligrafia utilizada. 



O que vocês acharam do enredo e dessa questão do título dos capítulos? Deixe nos comentários a sua opinião e até a próxima resenha. 

ADQUIRA O LIVRO

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Instagram

© Perdida na Biblioteca – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in