Poesia é um santo remédio?

17 outubro 2016

Eu confesso!! Eu odeio poesia. #prontofalei

É verdade. Eu odeio poesia. Não tenho a menor paciência para ficar tentando decifrar o que o autor quer dizer através de metáforas... de lirismos e outras técnicas que, nas minha opinião (E É na minha opinião mesmo!!!!) só servem pra deixar o texto mais longo e cansativo. 
Sou uma pessoa objetiva demais. Eu quero a informação e pronto! Esse negócio de ficar dando voltas pra se chegar no mesmo lugar não é comigo. 
Porém, confesso que fiquei interessada neste projeto. Do contrário ele não estaria aqui, né? Dãaaa! 
Criado pela artista e escritora Larissa Minghin, a ideia é trazer a poesia em capsulas. São poemas pra curar os mais diversos males: dor de cotovelo, saudades, a perda de um amor... enfim...uma forma diferente de oferecer conforto e belas palavras a quem precisa. Ou seja: um remédio, onde ao invés dos componentes químicos dos comprimidos, nós encontramos poesias "para curar a alma". 
Muito filosófico?! Foi, né? 


Esta caixinha contém: 
Um receituário (tipo cartão, para dedicar ao presenteado) 
Uma bula 
Um frasco com 15 cápsulas de uso visual com poesias, frases e haikais sobre o tema "Para Amigos".

 Importante: Poesia poder causar vício. Consulte um livro, leia de tudo e Poeme-se sem moderação!



Fonte : http://www.poemese.com/poesia-um-santo-remedio--para-amigos/p

10 comentários:

  1. Sempre gostei muito de poesias. Mas confesso que não tenho lido como lia antes.
    Elas me fazem lembrar de quando era adolescente (faz tempo),e ia a biblioteca da escola,copiar os poemas que eu mais gostava.

    Mas sou ligada nos que falam dos sentimentos de forma simples.Sem exageros!
    E acredito que alguns poemas são como remédios mesmo. Eu adoraria ganhar essas poesias em cápsulas.

    ResponderExcluir
  2. Muito criativo! Também não sou muito fã de poesias por me considerar uma pessoa bem objetiva hahaha
    Isso me lembrou de um lançamento que está saindo por esses tempos: Farmácia Literária, um livro que sugere outros livros para curar diversos males e situações, do tipo: "livro para dar coragem", "livro para recuperar vontade de viver", etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi esse livro e confesso que esse eu gostaria de dar uma folheada. Não pretendo comprar, mas se eu ganhar o livro...rsrsrsrs

      Excluir
  3. Também odeio poesia, gosto de algo direto, não que precise explorar fundo para entender o objetivo, mas achei criativo isso, ajudando todos no momento que mais precisam, bela iniciativa :-)

    ResponderExcluir
  4. Penso a mesma coisa, odeio interpretar poesias, não tenho a menor paciência. Porém, achei essa caixinha uma graça, os detalhes são bem trabalhados; acredito eu que teria coragem de comprar rs

    ResponderExcluir
  5. Olá...
    Mesmo não sendo uma fã incondicional de poesias adorei essa ideia... E além do Para Amigos, tem outra 'indicações' também!!!! Achei incrível... Acho que vou ser obrigada a adquirir um desses medicamentos para a alma... Boa dica!!!!
    Beijinhos...


    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Adorei a ideia. Gosto de poesias, dependendo do momento, é ótimo ler e refletir sobre as mesmas. Mas não leio com muita frequência.
    O projeto é bem legal!
    Boa dica. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olha, também não sou muito fã de poesia não, mas realmente essa ideia é muito divertida, gostei muito.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Gosto de poesia mas acaba que não leio muitas, porem adorei esse ideia, as capsulas são lindas e esse kit muito fofo, fiquei doida para abrir uma capsula e descobrir uma poesia !!

    ResponderExcluir
  9. Eu jágostei mais de poesias do que hoje em dia (tanto que eu tinha um caderno onde anotava todos os poemas que eu julgava interessantes)...Achei o projeto, por assim dizer, muito interessante e na verdade eu já consigo pensar em um punhado de pessoas que gostariam de ganhar algo assim de presente

    ResponderExcluir