A Aposta de Rachel Van Dyken

05 junho 2017


Sabe aquele livro que pela sinopse você sabe que vai se divertir? E isso irá acontecer por um único motivo: irmãos brigando! 
Por que vamos falar a verdade: se não estiverem brigando com você, assistir irmãos brigarem é a coisa mais engraçada do planeta, pois são várias verdades constrangedoras reveladas; às vezes sai uma briga mais física... mas no final, todo mundo se ama e tudo termina em pizza, né? Ou churrasco... o que você achar melhor...




Este livro não poderia ser diferente, afinal, temos dois irmão apaixonados pela mesma garota e que irão disputar o amor dela, apostando 100 mil dólares. Sim! Quem conseguir casar com ela receberá do perdedor 100 mil dólares! Nada mal, né?! Ficar com a garota e a ainda extorquir o irmão! Tem cenário mais maravilhoso do que esse??? Hahahahahaha

Mas o que começa muito bem, com um enredo típico de filme sessão da tarde, se perde no meio do caminho. Pois é crianças.... a vida não é um filme de sessão da tarde onde a autora sempre consegue escrever um best seller perfeito. 
Na verdade, a autora se perde feio nesse livro. Eu tiraria umas 50 páginas facilmente dessa história, e quando a nossa mocinha finalmente percebe quem é o cara certo pra ela (cara esse que você já sabia desde o início do livro...) ela ainda enrola e cria situações absurdas apenas para adiar o inevitável momento em que os dois se entregarão um ao outro (ou seja, adiando o sexo)


A redenção até vem no final do livro, mas você já sabia que ia terminar daquela forma (afinal, sempre sabemos o final do filme na sessão da tarde, né?) e achou tudo muito desnecessário, apesar de terem lhe rendido boas gargalhadas as brigas nada fraternais entre nossa mocinha e Satã (sim, o nome carinhoso de Travis, o irmão mais velho, é Satã), e dos irmãos entre si.
Serve para divertir durante uma tarde, mas não vá achando que você irá se apegar aos personagens ou que irá descobrir a sua mova série favorita do mundo. Não... bem menos queridinha...
Mas vale a leitura se for feita de forma despretensiosa.


Editora: Suma de Letras
ISBN 13: 9788581052205
Ano: 2014
Páginas: 285


2 comentários:

  1. Oi Natália, também acho que esse livro vale a leitura, não é o máximo mas consegue nos fazer rir em alguns momentos. O que eu achei completamente desnecessário no enredo da sessão da tarde, foram as passagens de Jake, aliás que personagem irritante rsrs.

    ResponderExcluir
  2. Não li o livro. Mas pela resenha divertida, até que fiquei curiosa.
    Também não tenho muito paciência quando a autora enrola demais em uma situação que já sabemos que será inevitável.
    Mas um romance é sempre bem vindo! :)

    E pretendo ler.

    ResponderExcluir