Seja Foda!

04 fevereiro 2019


Pense numa pessoa que você acha FODA.
Pensou?
Quais as características mais marcantes dessa pessoa?

Provavelmente você pensou em alguém que tem sucesso. Ou que pelo menos uma pessoa que você considera bem sucedida, certo?

Segundo Caio Carneiro, autor do livro "Seja Foda", uma pessoa FODA é uma pessoa otimista, determinada e abundante. Mas vamos entender o que isso quer dizer.



"Sucesso é igual fidelidade: ele só aceita 100%. Se você é casado ou tem uma relação exclusiva com alguém, experimente dizer para essa pessoa que a ama infinitamente e que é 99% fiel a ela. Resultado: você acabará com o seu relacionamento. Com o sucesso é a mesma coisa: ou você se entrega 100% ou ele vai virar a cara pra você"

"Quando uma pessoa não tem sucesso, não há outra explicação: ela não usa com sabedoria todos os recursos disponíveis e neessários. Ela pode até ser dedicada a muitas coisas boas, mas , com certeza, deixa de lado muitos detalhes importantes".

O que ele quer dizer com isso?
Segundo o autor, para se alcançar o sucesso, você precisa de 5 pilares básicos que devem trabalhar em harmonia.

São eles: 
- Positividade e otimismo
- Visão e direção 
- Atitude e execução 
- Compromisso e valores
- Controle emocional e detalhes 

Algumas pessoas tem valores éticos muito fortes, mas não possuem atitude. Essas pessoas, embora virtuosas, não saem do lugar e desperdição seu potencial.
Outras podem ter muita atitude e valores éticos, mas não tem equilíbrio emocional e, portanto, frustam-se rapidamente e desistem com facilidade.


O autor associa cada um desses pilares a um dos dedos da mão, para ajudar na compreensão e fixação.
Vamos destrinchar um pouco cada um deles:

Positividade e otimismo (Polegar) 


Pessoas otimistas olham sempre para um problema e pensam em uma solução. Os pessimistas vem uma solução e já pensam em um problema. Isso faz com que você nunca andem para a frente, mas fique apenas correndo atrás do próprio rabo.

Pessoas otmistas transformam e contagiam as pessoas a sua volta.
Além disso, você é a média das 5 pessoas com quem mais convive, logo, se estiver rodeado de pessoas pessimistas, você tenderá a enxergar o mundo apenas pelos problemas e coisas ruins, e não verá as oportunidades.
Ele é associado ao polegar, pois é o dedo que fazemos o sinal todas as vezes que algo esta bem.

Visão e direção (Indicador)

Esse é o dedo que aponta as coisas, e a direção em que você quer ir.
Lógico, que para isso você precisa de duas coisas: meta e um mapa.
Sem uma meta, um propósito, você não consegue traçar planos. E essas metas precisam ser desafiadoras, para que gerem um crescimento, uma aprendizado real.

"Se você tem uma meta, um objetivo, que não lhe causa um desconforto, um frio na barriga de pensar no que você vai ter de nefrentar para alcança-lo, é porque ele não é transformador o suficiente".

Para traçar planos (o seu mapa) você precisa saber exatamente onde esta e para onde deseja ir. E apartir daí, passamos para o próximo dedo.

Atitude e execução (Médio)

Quando você tiver seu plano traçado, pode ter certeza que alguém irá lhe dizer que ele não vai dar certo. É nessa hora, que segundo o autor, você precisa ter atitude e levantar seu dedo médio e mandar um belo Foda-se!
A única pessoa responsável pelo seu sucesso ou pelo seu fracasso é você. E o fracasso é bem relativo, pois o sucesso é feito de vários pequenos fracassos. Devemos ver eles como aprendizados, e não fracassos.
Nenhum empreendedor de sucesso chegou aonde esta de um dia pro outro. Só sabemos as histórias bonitas, mas pode ter certeza que ele tomou muita porrada da vida até chegar aonde esta.

Se você acredita no seu projeto, ligue o foda-se para a opinião alheia e coloque seu plano em execução.
É muito importante planejar, mas mais importante ainda é executar, colocar a mão na massa.

Compromissos e valores (Anelar) 

Aonde vai a aliança de casamento? No dedo anelar, por isso, ele representa os compromissos que você assume com o seu sonho; com a sua meta; com o seu projeto, e também com os seus valores.
De nada adianta você conseguir alcançar os seus objetivos, seu sucesso, se para isso você tiver que ir contra os seus valores.
Se você valoriza a família, por exmeplo, não adianta se matar de trabalhar para conseguir uma promoção que vai alaancar a sua carreira, mas que não lhe permite ver o desenvolvimento dos seus filhos.
Ou passar por cima de um colega de trabalho, e ficar com peso na consciência pois sabe que prejudicou uma pessoa.
Tudo tem seu tempo.
Seus valores são quem define você, por isso, seja fiel a eles.
E seja comprometido com seu projeto.
Tenha foco.
Você pode e deve fazer pequenas correções do seu plano original, mas são correções.
As pessoas começam um negócio e em vez de esperar o tempo certo de amadurecimento e resultados, decidem tomar caminhos alternativos , mudam de direção e cedem ao insatisfação.

Controle emocional e detalhes (Mindinho) 
Esteja preparado para os altos e baixos. 
Entenda que isso é normal, e que quando você estiver na sua melhor fase (alto), lembre-se que haverá uma baixa em algum momento e que você deve ser preparar para essa baixa. Seja guardando dinheiro, ou adquirindo conhecimentos que lhe ajudarão quando o momento chegar. 
Criar resiliência para não desistir facilmente dos seus objetivos. 
Ter controle emocional, no final, é essencial para que você consiga passar por todos os problemas e alcance o seu objetivo final.

Quer entender como colocar isso em prática? Ficou com algum dúvida? Então confere o vídeo abaixo.


Agora me conte: Quais características você acha que precisa desenvolver melhor para se tornar uma pessoa mais FODA este ano?



Editora: Buzz
ISBN:  9788593156298
Ano: 2017
Páginas: 208

2 comentários:

  1. Acho que temos que partir do princípio, que somos fodas por batalhamos todos os dias. E temos que aprender e acreditar que somos capazes. Mesmo que o tão almejado objetivo não tenha dado certo.
    Ou que aquele sonho antigo não tenha sido concretizado... Outros sonhos virão!
    Talvez o que tenha que ser mais trabalhado em mim,e acho que estou conseguindo, é de não desanimar tão fácil diante das adversidades.
    O pessimismo é um inimigo !;)

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Bastante interessante a proposta do livro. Acho que um equilíbrio entre todos esses fatores é que torna alguém foda. Pra mim, sinceramente, acho que falta um pouco do emocional. Confio e crio expectativa demais nas pessoas e depois não sei lidar com isso.

    ResponderExcluir