Por que você deveria conversar com estranhos

24 agosto 2019


Kio Starks, palestrante do TED Talks, esta lançando o livro “O poder do acaso”, pela Editora Alaúde  mostrando que todos deveriam conversar com pessoas completamente desconhecidas e ensinando os leitores como essas quebras inesperadas na rotina podem mudar tanto o íntimo das pessoas quanto o mundo que compartilhamos.

Segundo a autora, cada conversa com estranhos pode abrir as portas do mundo para uma experiência compartilhada de bem-estar e conexões emocionais genuínas.

No livro, são apresentadas as experiências de quem se aventurou nesta jornada de conversas com desconhecidos, e narra as histórias vividas nesses breves encontros. Além disso, a autora traz uma profunda exploração da dinâmica de onde, como e por que estranhos se conectam. 


O livro foi inspirado na palestra que ela promoveu no TED Talks. 
Você tem o hábito de conversar com estranhos, ou vive apenas cercado das coisas que lhe são familiares? 
Até o próximo post. 

8 comentários:

  1. Para falar a verdade eu sempre estou lendo enquanto estou em uma fila, na sala de espera para uma consulta, isso acaba fazendo com que eu não converse muito com estranhos. Mas tem sempre aquele que quer puxar papo né? kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Para mim é sempre um grande desafio conversar com pessoas estranhas. Só consigo me comunicar melhor quando o "estranho" começa a conversar comigo.

    Eu sempre tive um pouco de dificuldade em iniciar uma conversa,mas sei que podemos compartilhar experiências preciosas. Basta tentar!

    Eu adorei a palestra da Kio Starks!
    Vou tentar levar para a vida as suas considerações. ;)

    ResponderExcluir
  3. Olá! ♡ Confesso que não sou muito de puxar conversa com estranhos, mas se um estranho iniciar uma conversa comigo, converso de boa com ele.
    Achei muito interessante a proposta do livro, vou procurar me informar mais sobre ele, quero muito fazer essa leitura, pois acredito que ela pode me ajudar bastante a melhorar minha comunicação com pessoas desconhecidas por mim.
    Obrigada pela indicação! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  4. Olá! Eu sempre brinco aqui em casa que eu sou um imã para atrair estranhos que puxam conversa comigo, principalmente os que estão na melhor idade o que é uma experiência incrível e na volta para casa sempre tenho uma nova história e um novo aprendizado, mesmo que na maioria das vezes eu fique apenas como ouvinte (risos).

    ResponderExcluir
  5. Oiii ❤ Achei bem interessante a proposta da autora para a obra, além de original, já que nunca li nada do tipo.
    Realmente, conversar com pessoas que não conhecemos, pode ampliar as nossas experiências e aprendizados, além de compreender melhor certas situações.
    Não sou muito de puxar conversa com quem não conheço, sou bem acanhada quanto a isso, por isso, prefiro que a pessoa puxe papo comigo, preciso melhorar rsrsrs.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  6. Eu vivo tentando sair da zona de conforto para algumas coisas, mas não gosto nem um pouco rsrsrs. Como sou muito tímida não tenho esse hábito de conversar com estranhos, e quando converso fico super desconfiada, porque nos dias de hoje né! Porém reconheço que esse ato pode trazer algumas experiências até que legais para nossa vida. Só assisti a uma palestra do TED mas faz muito tempo, me lembro de ter gostado.

    ResponderExcluir
  7. Que livro diferente, eu sempre falo com as pessoas que nem nunca vi na vida, puxo assunto, ás vezes elas que puxam é interessante assim conhecemos outras pessoas e sabemos de coisas que as vezes nem imaginávamos e isso também ajuda a passar o tempo, tipo esperando ônibus e até dentro dele, assim como andando nas ruas, em filas e etc...

    ResponderExcluir
  8. Muito interessante esse assunto. Olha, acredito que tomando os devidos cuidados com nossa segurança, é algo extremamente positivo e engrandecedor em nossas vidas. Geralmente quando saio sozinho, acabo sendo obrigado a essa interação com pessoas completamente estranhas; e normalmente a experiência é válida.

    ResponderExcluir