Cinderelas

11 setembro 2019


Eu estava lendo um livro com vários gatilhos. 
Um livro extremamente triste. 
Porém, extremamente necessário. 
E o meu gatilho veio logo no primeiro conto. 

Um verdadeiro tapa na minha cara, mostrando como eu fui burra durante tantos anos vivendo um relacionamento abusivo que não só fudeu a minha vida, como a minha cabeça para sempre. 

Não. 
Eu não vou me curar. 
Não tem cura para traumas psicológicos. 
Você consegue colocar eles numa caixa e esconder embaixo da cama, mas sempre que for fazer uma faxina e puxar a caixa (mesmo que não abra), você vai saber o que tem ali, e vai sentir-se um lixo por isso. 

Esse livro, apesar do título lúdico. não é um conto de fadas. 
Tem várias princesas, mas os príncipes... não fizeram o curso da Disney. 
Você, mulher, já conhece essas histórias. 

Você as vivencia; ou conhece alguma amiga que já vivenciou; ou se vê representada todas as vezes que lê ou assiste essas histórias nos noticiários. 
Esse livro não é para você mulher. 
É para "nossos príncipes". 

Alguns livros eu gostaria de dar uma cópia para cada pessoa que conheço. Neste caso, eu gostaria de dar uma cópia para cada macho que conheço. 

PS: Meninos unicórnios não contam, pois eles conhecem o mesmo sentimento que nós vivenciamos todos os dias. Por motivos diferentes... mas conhecem. 

Por que dando uma cópia deste livro, talvez... eles lembrassem que cada vez que ele estupra uma mulher... cada vez que ele agride física ou verbalmente uma mulher... ele esta fazendo isso com a mãe, a namorada ou a irmã de alguém. Mas que poderia ser a DELE! 
E aí... só talvez... eles percebessem que ELES não seriam NADA, sem NÓS: MULHERES. 
Eu queria muito ver se algum homem (daqueles com H maiúsculo como eles gostam de dizer) conseguiria terminar de ler este livro sem um bolo no estômago, se achando um merda e morrendo de vergonha. 
Porque eu não consegui, pensando em todas as mulheres que passam pelo o que é descrito nessas páginas.
Este é um livro de "ficção", mas eu não encontrei nenhuma ficção nessas páginas. 
Só encontrei verdades. 
Nuas e cruas. 

Essas princesas não são encontradas na Disney. Mas são facilmente encontradas nas delegacias, nos consultórios psiquiátricos e, principalmente, nos necrotérios. 

Editora: Sinna
ISBN: 9788593077203
Páginas: 188
Ano: 2019

5 comentários:

  1. Quando vi o título achei que seria mais um livro com princesas felizes que vivem tudo de bom.
    Ainda bem que não é. Ainda bem porque eu acho que todo mundo precisa conhecer essas verdades que acontecem com muitas mulheres, próximas ou não à nós. Nunca aconteceu comigo, felizmente. Mas sei de quem já passou por isso.
    Me interessei demais por essa leitura, apesar de não ser fã de contos. Mas quero ler. Até mesmo para ver e conhecer um pouco mais o que pode passar pela cabeça das mulheres que sofrem essas agressões e como podemos ajudá-las.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de ler esse livo, mesmo que fosse para os meninos rs. É lamentável e revoltante que uma situação dessas possa existir, deveríamos ser livres e nos envolver sem medo, mas da um certo receio quando conhecemos alguém pois podemos passar por uma situação dessas, mas mesmo sem se envolver com alguém algo terrível pode acontecer, não estamos seguras, infelizmente.

    ResponderExcluir
  3. Olá! ♡ Essa capa sempre chamou minha atenção, pois apesar de fazer alusão a um dos grandes clássicos da Disney, a mesma não tem nada de conto de fadas.
    É cada dia mais difícil ser mulher nesse país, estamos cercadas de machistas, abusadores, estupradores... Não consigo nem imaginar a dor de quem sofre/sofreu nas mãos de homens assim. É revoltante demais.
    Esse é o tipo de livro que choca, que não é uma leitura fácil de fazer, mas que é extremamente importante e necessário! Precisamos falar sobre esses temas.
    Concordo com cada letra do que você disse. O livro é uma ficção, mas relata exatamente o que acontece na realidade.

    ResponderExcluir
  4. Os homens precisam muito ler esse livro, mas duvido que dariam conta de tamanha responsabilidade, ler um livro com tantas verdades acredito que eles não aguentariam, embora seja extremamente necessário. É triste ver a forma comos as princesas (mulheres) sofrem na sociedade hoje, o rumo que isso tudo esta levando é muito ruim.

    ResponderExcluir
  5. Nat!
    Irei discordar de você, porque acredito sim que há cura para os traumas psicológicos, basta uma boa orientação e a vontade da pessoa em aprender a refazer sua vida.
    Infelizmente ainda existe e muito esse tipo de homem que se acha superior a mulher e que acha que deve ser seu dono e como tal, fazer o que bem quer com ela, me dá nojo...
    E essa semana fiquei bem triste por saber que a Paraíba é o estado em que mais se comete crimes contra a mulher e feminicídio, totalmente decepcionada com o homem paraibano.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir