Destaques

15 abril 2020

Doce Reencontro


" Mas só porque você é capaz de algo, não significa que deva fazê-lo."
Achei a sinopse interessante. Mas. . .

O que realmente me chamou a atenção, foi o fato de Melanie Shawn serem duas pessoas. Isso mesmo, duas irmãs.

E sempre fico curiosa, em livros escritos por mais de uma mente. 💙😀

Então, venha conferir!!!



SINOPSE:

Para Amanda Jacobs, lidar com a dor de perder seu amado pai é a coisa mais difícil que ela já passou, e isso também traz muitas complicações, como assumir o negócio da família, a Mountain Ridge Outdoor Adventures. Isso faz com que ela perca a simplicidade de ser uma adolescente, quando estava cercada por suas amigas incríveis, O Quarteto Fabuloso, e loucamente apaixonada pelo braço direito de seu pai, Justin Barnes. Seus sorrisos sensuais e profundos olhos castanhos faziam seu coração disparar de uma maneira que ela nunca sentiu antes ou desde então. Quando as Quatro Fabulosas aparecem inesperadamente em sua porta para apoiá-la nesse momento complicado, as coisas parecem estar melhorando para Amanda. Mas esta não é a única visita surpresa reservada para ela…

Justin Barnes deixou Hope Falls dez anos atrás, na calada da noite, e achou que nunca mais pisaria ali. Tudo bem por ele, exceto por uma pequena complicação: Amanda Jacobs. Ele havia se apaixonado pelos cachos rebeldes e loiros e olhos de safira, mas ela era uma adolescente, cinco anos mais nova do que ele. Jovem demais para ele agir de acordo com sua atração. Ainda assim, ele sentira falta dela todos os dias daqueles dez anos. Quando Justin recebe um telefonema avisando que seu ex-mentor faleceu, ele sabe que tem que retornar para Hope Falls. Justin só tem uma pergunta: será que a garota que uma vez o adorou se transformou em uma mulher que não o suporta? Ou ela ainda seria a única coisa no mundo que o faria se sentir em casa?

** Nota da autora: Cada romance completo de Hope Falls pode ser lido isoladamente.
" [...] alívio e conforto tomaram conta dela, como uma brisa fresca em um dia quente."
No primeiro livro da série: Um Romance em Hope Falls, conheceremos o nosso casal Amanda Jacobs e Justin Barnes, amigos desde crianças, e o Quarteto Fabuloso ( Amanda, Karina, Laurem e Samantha). 

Então, vamos por partes: pelo o que entendi cada livro da série, será sobre a história de uma das meninas do quarteto fabuloso. Que eu posso dizer : QUE UNIÃO FABULOSA!!!

Essas meninas são completamente diferentes e possuem um elo formidável. A narrativa não teria sido, tão boa, se elas não estivessem juntas.

Agora, retornando a história... ou melhor começando a resenhar sobre: Doce Reencontro.
"Foi quando ele foi recompensado com a única coisa que sempre corrigiu seu mundo louco, doloroso e confuso - o sorriso de Amanda Jacobs."
Como uma escolha interfere na vida de várias pessoas? A consequência da minha ação, deveria vim para eu mesma, não? Um mal entendido, pode causar realmente um tufão?

Para todas as perguntas a cima ... Sim, minha escolha abala a minha vida e a do outro. E o reflexo, pode ser qualquer confusão.

E é sobre esse tema , que o enredo aborda.
"Quando você aceita que não há nada com que você possa contar, pelo menos você pode, ironicamente, contar com isso."
Amanda se apegou, ainda criança, a Justin. E vice versa.

Mas o tempo fez que uma simples afeição, se transformasse em algo intenso.

Contudo, o nosso mocinho possuía uma trajetória de vida complicada. Várias situações familiares não resolvidas e outras traumatizantes. E não se sentia digno, para essa menina tão doce.

Já a nossa mocinha, sempre conheceu o amor. Possuía uma estrutura familiar linda. E amava puramente o nosso protagonista.

Infelizmente, uma ação realizada gera tantos caminhos impensados, que o casal se separa por 10 longos anos.

E a leitura, inicia após esse período de separação.
"Cada pessoa no mundo, para ele, era apenas um amigo que ele ainda não conhecia. Ele sempre viu o bem nas pessoas. Às vezes, isso era tudo o que ele via, mesmo que ninguém mais pudesse ver."
Uma realidade nocauteada Hope Falls: o falecimento do Sr Jacobs, o amado prefeito da cidade, o dono de Mountain Ridge Outdoor Adventures, uma pessoa que - independente do tamanho- era uma grande pessoa, o amigo de todos e o pai de Amanda.

E esta tragédia, faz com que Justin retorne a esta cidadezinha, que foi aonde nasceu e aonde precisa resolver várias situações.
" - Bem, nós somos uma grande equipe."
Justin, é uma pessoa leal, misterioso, divertido (sarcasticamente), trabalhador, atleta, líder nato e introspectivo.

Ele sabe que o seu maior desejo é resolver o assunto inacabado com Amanda. E vem com tudo, minha gente. Não mede esforços para que ela saiba o que ele sente.

Já Amanda, é uma personagem fiel, um chocolate (de tão doce), sua presença é - como uma brisa- leve / suave, pura na essência, amiga, alegre, firme, convicta e companheira.

Ela possui raízes fortes em Hope Falls e se orgulha disso.

Mas ao perder o pai, um vazio indescritível toma conta dela. E ela nem sonhava em rever suas melhores amigas, todas juntas novamente, muito menos, Justin. Seu Justin.
" (...) Suas forças e fraquezas individuais, se encaixavam perfeitamente.(...)"
Amores, em um momento, ao iniciar a leitura, fiquei na dúvida se gostaria ou não da história. Porque não suporto triangulo amoroso e personagem que enrola, que fica no lenga lenga, para resolver as coisas. Mas ... graças a deus, e a criatividade das irmãs, não foi isso que aconteceu.

Os protagonistas, eram novos quando o mal entendido adveio e cada um seguiu a sua vida.

 Sofrendo? Claro que sim.
 Mas parados no tempo? Claro que não.

Quando o reencontro ocorreu, não estava tudo pronto em uma bandeja. Lógico, que não.

Ambos estavam em uma realidade diferente e em um momento triste. Entretanto, ambos obtiveram crescimento e agora adultos, podem resolver as questões, francamente. Mesmo com os medos e com as indagações do passado. 

Enfatizo, que os inquéritos que precisavam resolver, não eram só sobre a relação deles, entre eles. Mas as relações individuais que os dois apresentavam em aberto e em paralelo. Que tinham tanta importância, quanto a amorosa dos nossos babys protagonistas.  
" -Filho, você não sabe? Se você não mexer a panela, a sopa vai queimar. Você tem que mexer o caldeirão ou tudo acaba em uma grande bagunça."
Tenho que dizer, que só entendi que o desenrolar da trama demorou, quando percebi que o desdobramento começou a ser muito rápido, do nada.

Então, mesmo com narrativa cheia de reencontros e afeições, acredito que poderia ter começado a desfazer os nós, mais cedo. 
"[...] Você é minha casa."
Todavia, não impactou no desfecho e todas as interrogativas foram concluídas.

Amei como as escritoras honraram a personalidade de cada personagem.

Foi bem real, os questionamentos que o casal tinha, em relação a eles. Afinal, haviam um histórico. Então, precisavam se recriar e escolher confiar no outro.

Eu me mijava de rir, com a interação do quarteto fabuloso, entre elas e com os outros personagens. Elas juntas são sensacionais, de verdade.

O surpreendente, foi a transição entre emoções , como: drama, humor, amor, que ocorriam e que não dava sustos, como um tapa na cara. Pelo contrário, foi harmonioso. Como é no dia a dia, de qualquer pessoa.

Os assuntos familiares, principalmente, os traumatizantes, foram tristes. Contudo, o modo que foi trazido e que foi apurado, foi sutil e até mesmo gentil em sua conclusão.

É um livro agradável de se ler, formoso, sensual, com diálogos interessantes e com algumas situações picantes.

Querendo ler o segundo volume, Doce Harmonia, para conhecer mais sobre a Karina Black, a popstar do quarteto. 😀💙

Portanto, até a próxima leitura, amores!!!!

Título: Doce Reencontro
Série: Um Romance em Hope Falls
Livro: 01
Escritora: Melanie Shawn
Editora: Cherish Books Br
Sobre a Escritora: ( Fornecida pela Editora Cherish Books Br)


Best-seller do NEW YORK TIMES & USA HOJE, a autora Melanie Shawn é uma equipe formada pelas irmãs Melanie e Shawna. Originárias do norte da Califórnia, as duas migraram para o sul e agora o chamam de lar.

Enquanto crescia, Melanie vivia com a cabeça nos livros e estava sempre trabalhando em contos, manuscritos, peças de teatro e poesia.

Shawna sempre amou os romances em todas as suas formas - filmes, música ou literatura. Se era uma história de amor com um final feliz, Shawna estava dentro! Ela reconhece com orgulho que é romancista.

Eles uniram forças para criar um mundo onde o amor verdadeiro e os felizes para sempre têm um toque sexy!

Reações: 

Comentários via Facebook

3 comentários:

  1. Lays!
    A Cherish tem traduzido e lançado romances muito bons.
    O romance parece bem amorzinho, do jeitinho que gosto.
    Adoro quando os diálogos são interessantes, sensuais e com dramas familiares, feitinho para mim.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Olá! Descobri a autora (ou seria autoras) recentemente e também fiquei bem curiosa como se daria a escrita das duas em uma só e pelo jeito deu muito certo e a história parece ser incrível e com direito a tudo que o leitor raiz mais ama nas suas leituras, tem clichê, tem romance, tem suspiros, tem lágrimas, tem alegria, é aquele match perfeito, que traz personagens tão maravilhosos que a única coisa que a gente quer é a próxima história.

    ResponderExcluir
  3. Não sou muito de ler romances mas eu leio quando o livro tem cara de ser aquele clichezinho bem gostoso. Eu achei bem interessante também a proposta de serem duas irmãs por trás do pseudônimo deste livro

    ResponderExcluir

Instagram

© Perdida na Biblioteca – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in